Durante o debate da Band sobre o segundo turno das eleições neste domingo, 16, Lula ameaçou ir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para ter direitos de resposta a comentários do presidente Jair Bolsonaro. A emissora negou dois pedidos feitos pelo petista, logo depois do chefe de Executivo pronunciar-se.

“Eu, na verdade, deveria ter direito a dois direitos de resposta”, afirmou Lula, com dedo em riste para os dois apresentadores. “Porque fui agredido várias vezes com mentiras. É importante que o juiz julgador do direito de resposta veja essa questão. Vou entrar com recurso no Supremo Tribunal, que discute.”

Debate da Band

O debate na Band foi promovido pelo pool de emissoras (Band, Folha de S.Paulo, Uol, TV Cultura), na sede da TV Bandeirantes, em São Paulo. Neste modelo de confronto, Lula e Bolsonaro puderam caminhar pelo estúdio e ficaram diante um do outro.

No primeiro bloco, Lula e Bolsonaro trocaram acusações de “mentirosos”, especialmente no que diz respeito às ações de combate à pandemia. “Mais uma mentira sua”, disse Bolsonaro. “Vocês são especialistas em pegar um vídeo e cortar qualquer coisa.” Lula rebateu: “Você sabe quem é o rei da fake news aqui, é o senhor”.

Os dois ainda responderam a uma pergunta dos jornalistas mediadores sobre como farão para manter o pagamento do Auxílio Brasil. Lula respondeu que o programa não está previsto no Orçamento da União. Bolsonaro, que prometeu a manutenção do auxílio, atrelou a manutenção do programa à aprovação da Reforma Tributária, em tramitação no Congresso.

Leia também: “O PT coloca em prática o plano de amordaçar a imprensa”, artigo de Paula Leal publicado na Edição 134 da Revista Oeste





Source link

Comente a matéria: