O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelou que existem “indícios” de proximidade entre o governador de Alagoas e candidato à reeleição, Paulo Dantas (MDB), e um integrante do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL).

A conclusão é do ministro Benedito Gonçalves, que deseja ouvir o funcionário sobre uma acusação de parcialidade ao julgar casos envolvendo o governador. Gonçalves mandou Maurício Cesar Breda Filho se manifestar sobre uma acusação de que estaria sendo parcial ao analisar casos envolvendo o grupo político de Paulo Dantas (MDB) e do senador Renan Calheiros (MDB). O parlamentar é um dos mais fortes aliados de Dantas.

Urgente: STJ mantém afastamento do governador de Alagoas – (mnegreiros.com)

De acordo com o TSE, a acusação foi feita pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), rival local do grupo de Renan. Lira acusa Breda de ter quebrado o dever de imparcialidade ao supostamente ter favorecido Paulo Dantas.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, com maioria absoluta, afastar o governador de Alagoas e candidato à reeleição, Paulo Dantas (MDB). A decisão foi proferida nesta quinta-feira, 13, por 10 votos a 2. Desta forma, os ministros mantiveram a decisão da ministra Laurita Vaz, que retirou Dantas do cargo na terça-feira 11. O governador deve ficar afastado até 31 de dezembro, término de seu mandato.

decisão do plenário foi tomada em uma sessão extraordinária. Dantas foi alvo da Operação Edema, do Ministério Público Federal e da Polícia Federal (PF) no Estado, por ser suspeito de comandar um esquema de corrupção na Assembleia Legislativa. O plenário pode ratificar a decisão de Laurita Vaz, relatora do caso. A magistrada autorizou as medidas cautelares solicitadas pelo Ministério Público Federal (MPF).

O governador de Alagoas é apoiado por Lula (PT) e pelo senador Renan Calheiros (MDB). Em 2 de outubro deste ano, Dantas partiu para o segundo turno das eleições, com 46,64% dos votos, deixando Rodrigo Cunha (União Brasil), nome apoiado por Jair Bolsonaro (PL) e pelo deputado Arthur Lira (PP), em segundo lugar. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não se manifestou sobre a continuidade de Dantas no pleito.

Source link

Comente a matéria: