O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou, nesta terça-feira, 17, que a Polícia Civil de Mato Grosso (PC-MG) prendeu um suspeito da tentativa de atentado em Brasília, Alan Diego Rodrigues.

Rodrigues estava foragido desde 29 de dezembro, quando foi deflagrada a Operação Nero. Ele é o segundo suspeito de arquitetar um atentado com caminhão-bomba nas proximidades do Aeroporto Internacional de Brasília.

Ricardo Cappelli, o interventor do Distrito Federal (DF), publicou uma foto de Diego preso e disse que “a lei será cumprida”.

De acordo com as investigações, o plano era explodir o caminhão-bomba na véspera de Natal do ano passado. George Washington de Oliveira Sousa foi o primeiro a ser preso, horas depois de a polícia desativar o explosivo. O terceiro suspeito segue foragido e está sendo procurado.

O primeiro preso disse que a intenção era criar uma situação de caos e terror, que justificasse uma suposta intervenção das Forças Armadas. No apartamento em que George Washington foi preso, a polícia encontrou um arsenal avaliado em R$ 160 mil.

Na semana passada, os dois se tornaram réus, depois de o juízo da 8ª Vara Criminal do Distrito Federal acatar a denúncia, conforme informou o Ministério da Justiça e Segurança Pública.





Source link

Comente a matéria: