As declarações do governador João Azevêdo (PSB), excluindo a possibilidade de ter nomes em sua chapa majoritária que não declarem apoio à candidatura do ex-presidente Lula (PT), fizeram o deputado Efraim Filho (União Brasil) elevar o ‘tom’ no debate político estadual.


Publicidade

Morais também descartou a possibilidade de ser candidato a vice na chapa de Azevêdo e disse que seguirá a decisão do União Brasil sobre o cenário nacional. 

Parte do texto de João Paulo Medeiros com vídeo de MaisPB

Comente a matéria: