A Polícia Federal (PF) realiza nesta terça-feira, 24, em Pernambuco, a operação Clã para combater os crimes de desvio de recursos da saúde envolvendo os contratos da Secretaria Estadual de Saúde e de uma Organização Social (OS). Os agentes cumprem 17 mandados de busca e apreensão nas cidades de Recife, Olinda e Paulista, em Pernambuco, além de Aracaju, em Sergipe.

Segundo as investigações da polícia, os supostos crimes estariam ligados com a contratação direcionada de prestadores, execução fictícia de serviços na saúde, superfaturamento dos valores pagos e na ocultação dos valores desviados.

A OS é responsável por celebrar contratos com o governo do Estado para gerir hospitais e Unidades de Pronto-Atendimento de Pernambuco. As irregularidades foram encontradas na administração de serviços terceirizados, como limpeza hospitalar, fornecimento de comida, entre outros.

Ainda conforme a PF, estão sendo investigados gestores da instituição e empresários das terceirizadas, que têm vínculos familiares e sociais entre si. O valor do contrato firmado pela OS com uma das empresas investigadas chega a R$ 90 milhões. Duas pessoas foram afastadas de suas funções. Os crimes em apuração pela PF são de peculato e organização criminosa, sonegação fiscal e lavagem de capitais.

Source link

Comente a matéria: